Certificados SSL Grátis para todos!

A partir de hoje todas as contas de alojamento em Nuvens.pt têm certificados SSL gratuitos incluídos. Isto significa que pode passar a utilizar o seu site via HTTPS sem que tenha de pagar um certificado ou efectuar qualquer alteração.

Estes certificados automáticos são emitidos numa parceria cPanel/Comodo e já se encontram em funcionamento. Experimente aceder ao seu site utilizando https://

Importante:

  • Para que o certificado seja 100% válido todas as ligações no código do seu site devem ser estabelecidas por https. Ou seja, ficheiros de imagens, CSS, JavaScript, etc. devem ser chamados no código utilizando https:// ou erros irão aparecer na validação do certificado.
  • Os certificado SSL sem IP dedicado utilizam SNI e não são compativeis com browsers e sistemas operativos mais antigos. Os casos mais problemáticos são o Windows XP e as primeiras versões de Android. Para evitar este problema pode comprar um IP dedicado (preço Nuvens.pt €1/mês +IVA).

Lembro que esta funcionalidade está activa mas pode continuar a aceder ao seu site via http:// e este funcionará como sempre.

Se não tem uma conta de alojamento em Nuvens.pt

Pode sempre alojar o seu site connosco 🙂 ou poderá utilizar o Let’s Encrypt para obter um certificado gratuito. Se a empresa que presta o serviço de alojamento não oferecer qualquer ferramenta para criação de certificados da Let’s Encrypt, talvez o mais simples será utilizar este site. Atenção que estes certificados têm a duração de 90 dias e terá de efectuar renovações dos mesmos.

 

Ligações HTTPS vs HTTP

Quando fazemos uma ligação a um site utilizando o protocolo HTTPS estamos a fazer uma ligação encriptada. Isso significa que mesmo que alguém intercepte a nossa comunicação, os dados transmitidos nela são teoricamente impossíveis de ler. Por essa razão sempre que inserimos dados pessoais (nome, morada, telefone) ou dados de acesso a contas (nomes de utilizador, passwords) devemos ter em atenção que o estamos a fazer via HTTPS. Por norma, vemos um cadeado junto ao endereço que nos estamos a ligar.

ff.pngchrome.pngsafari.png

As ligações HTTP não são encriptadas. O que significa que se alguém conseguir interceptar a ligação poderá ver toda informação da comunicação. Seja de si para o site/servidor ou no sentido inverso.

Tipos de Certificados

Em linhas gerais existem 4 tipos de certificados:

  1. Sem Validação
  2. Validação de Domínio – DV
  3. Validação de Organização (Empresa/Pessoa) – OV
  4. Validação “Extendida” (Extended) – EV

Sem Validação

Screen Shot 2016-11-03 at 17.20.25.png

Estes são aqueles que oferecemos e que oferecem uma ligação encriptada entre o servidor/site e o browser/utilizador. Por norma são grautitos

Validação de Domínio

n.png

Para além de oferecerem a ligação encriptada, são validados via email. Preço: desde 15€/ano por domínio.

Validação de Organização (Empresa/Pessoa)

Screen Shot 2016-11-03 at 17.21.05.png

Também oferecem uma ligação encriptada mas validam a organização (empresa/pessoa) que é detentora do mesmo. É necessário o envio documentação para a autenticação. Neste caso a informação da organização é incluida no certificado e ao clicar no cadeado essa informação é mostrada ao utilizador. Preço: desde 50€/ano por domínio.

Validação “Extendida” (Extended)

c.png

A ligação encriptada nestes certificados utiliza as tecnologias mais avançadas de SSL e pode ser indentificada pelo nome da entidade validada (empresa/pessoa) junto à barra de endereço do browser (em alguns browsers a barra fica verde). Este certificado também requer o envio de documentação. Preço: desde 150€/ano por domínio.

Identificar o tipo de certificado

Como pode ver nos exemplos acima, nem sempre é possível diferenciar os 3 primeiros tipos de certificados. No entanto se clicarmos no cadeado e escolhermos a opção para ver o certificado, poderemos perceber o tipo de certificação.

Sem Validação

Screen Shot 2016-11-03 at 17.16.16.png

Validação de Domínio

Screen Shot 2016-11-03 at 17.19.02.png

Validação de Organização (Empresa/Pessoa)

Screen Shot 2016-11-03 at 17.19.26.png

Validação “Extendida” (Extended)

Screen Shot 2016-11-03 at 17.16.55.png

Dúvidas/Problemas

Pode contactar-nos sempre que necessitar de ajuda (mesmo que não seja nosso cliente).

Como abrir um site de vendas online?

Uma loja online tem bastante semelhanças com uma loja física:

Numa loja física, escolhemos uma localização e um espaço que seja vantajoso para o nosso negócio.
Numa loja online, escolhemos o site/plataforma que seja mais apropriada para nós.

A localização de uma loja física e a plataforma de uma loja online são sempre temas de discussão. No entanto, uma boa localização ou uma boa plataforma é sempre mais cara. Mas saber o que vai funcionar para um negócio (online ou não) antes deste estar a funcionar involve futurologia, que é uma ciência muito pouco exacta.

Para escolher o site tens duas opções, comprar ou alugar.

Comprar um site vai permitir maior flexibilidade na escolha das funcionalidades e design. Quando alugas um site, vais ter algumas limitações pois irás funcionar numa plataforma pré-definida e que não foi criada com o teu negócio em mente.

Comprar um site com loja online vai rondar entre €1.000 e €5.000. Podes ver aqui o artigo que fiz sobre o preço de um site para mais detalhes. O custo de alojamento de um site num servidor partilhado anda entre €50 e €200/ano.

Podes encontrar freelancers e empresas de programação de sites no nosso directório.

O valor do aluguer de um site numa plataforma que permita vendas online irá variar imenso, dependendo da plataforma, no número de produtos e outros factores específicos. Mas começa em cerca de €10/mês (com muitas limitações) e pode chegar a valores superiores a €200/mês.

Sugiro que dês uma vista de olhos no Shopify, SquareSpace, Bigcommerce e o Big Cartel.

Relativamente a receber pagamentos via web, podes optar por pagamentos via PayPal para cartões de crédito, o IfThenPay para referências MultiBanco ou HiPay Compra Fácil para cartões de crédito, referências Multibanco ou boleto bancário (muito popular no Brasil). O valor das comissões de cobrança irá ser bastante variável dependendo dos valores mas não deve ultrapassar 5% do valor cobrado.

Será depois necessário ter boas fotografias dos produtos a vender, bons textos de descrição dos produtos e traduções profissionais no caso do site funcionar em múltiplas línguas. No nosso directório consegues encontrar Fotógrafos, Tradutores e Escritores.

Agora para um banho de realidade, colocar o site de vendas online é a parte mais fácil. Eu costumo dizer que criar o site é apenas 10% do trabalho. Os restantes 90% estão no apoio ao cliente, na gestão de encomendas, na análise de estatísticas, em optimizações e melhoramentos, na divulgação, na negociação com fornecedores, etc.

Numa loja física precisamos de pelo menos uma pessoa a tempo inteiro para que a loja funcione, numa loja online também. Para saber sobre as exigências do dia-a-dia de um operador de um negócio online lê: Diário de um operador de loja online.